Arquivos de Política

É tem­po de cam­pa­nha elei­to­ral. Mais uma vez, es­ta­mos di­an­te do “dis­cur­so” de al­guns in­di­ví­du­os que, cla­ra­men­te, não têm – e não as­su­mem – a pos­tu­ra sen­sa­ta que con­diz com a im­por­tân­cia das fun­ções pú­bli­cas às quais se can­di­da­ta­ram. Pi­or do que as ati­tu­des ina­de­qua­das é o des­res­pei­to ex­plí­ci­to com os elei­to­res e com o Bra­sil. A má ín­do­le de mui­tos can­di­da­tos é trans­pa­ren­te em su­as cam­pa­nhas. Por exem­plo, uma das men­sa­gens vei­cu­la­das pe­lo can­di­da­to Ti­ri­ri­ca foi: “O que é que faz um de­pu­ta­do fe­de­ral? Na re­a­li­da­de eu não sei. Mas vo­te em mim que eu te con­to.”
Leia mais

Jabá bom é jabá na gaveta

segunda-feira, 16 de março de 2009 13:03 Jornalismo, Propaganda

O ja­bá, co­mo é de­no­mi­na­do pe­los pro­fis­si­o­nais de co­mu­ni­ca­ção, é um re­cur­so ado­ta­do por anun­ci­an­tes pa­ra di­vul­gar in­for­ma­ções – nor­mal­men­te ten­den­ci­o­sas – so­bre pro­du­tos ou ser­vi­ços, in­se­ri­das no es­pa­ço des­ti­na­do ao con­teú­do jor­na­lís­ti­co, mascarando-​as co­mo no­tí­cia.
Leia mais

Para falar com o Papai Noel

quinta-feira, 16 de outubro de 2008 14:37 Etc

Os ser­vi­ços te­lefô­ni­cos de aten­di­men­to aos con­su­mi­do­res, na mai­o­ria dos ca­sos, re­fle­tem o to­tal des­pre­pa­ro – ou des­pre­zo – por par­te das em­pre­sas em re­la­ção aos seus cli­en­tes.

Pa­ra ates­tar a afir­ma­ção, bas­ta ter uma dú­vi­da ou pro­ble­ma com um ser­vi­ço con­tra­ta­do ou um pro­du­to ad­qui­ri­do. É nes­se mo­men­to que o con­su­mi­dor irá amar­gar a tris­te ex­pe­ri­ên­cia de gas­tar um lon­go tem­po ou­vin­do aque­las es­pe­ras com pro­mo­ções e men­sa­gens co­mo “a sua li­ga­ção é mui­to im­por­tan­te pa­ra nós” ou “te­mos a hon­ra de tê-​lo co­mo nos­so cli­en­te”. Após ou­vir to­das as pro­mo­ções e fra­ses men­ti­ro­sas por três ou qua­tro ve­zes – is­so pa­ra ser oti­mis­ta –, o “hon­ra­do” cli­en­te te­rá que en­ca­rar o aten­di­men­to de pes­so­as que, ge­ral­men­te, são des­pre­pa­ra­das ou in­com­pe­ten­tes pa­ra sa­nar su­as dú­vi­das e re­sol­ver seus pro­ble­mas. Os con­su­mi­do­res fa­zem pa­pel de pa­lha­ço nes­se gran­de cir­co.
Leia mais

Um dia depois

segunda-feira, 6 de outubro de 2008 14:27 Etc, Reflexão

A apu­ra­ção dos vo­tos das elei­ções mu­ni­ci­pais apre­sen­tou quais se­rão os pró­xi­mos go­ver­nan­tes e par­la­men­ta­res em gran­de par­te dos mu­ni­cí­pi­os bra­si­lei­ros. Ape­sar dis­so, mui­tas ca­pi­tais e gran­des ci­da­des ain­da pas­sa­rão pe­lo se­gun­do tur­no pa­ra de­fi­ni­rem quais se­rão seus pró­xi­mos pre­fei­tos.

Uma cons­ta­ta­ção que foi im­por­tan­te e po­de ser­vir de termô­me­tro pa­ra ava­li­ar a fal­ta de cre­di­bi­li­da­de dos can­di­da­tos jun­to aos elei­to­res foi o gran­de ín­di­ce de vo­tos bran­cos e nu­los – além das abs­ten­ções. Aqui em Bau­ru, on­de ocor­re­rá o se­gun­do tur­no, a so­ma­tó­ria des­ses três fa­to­res po­de­ria con­ta­bi­li­zar 55.584 vo­tos, nú­me­ro que fi­ca pró­xi­mo ao vo­lu­me con­quis­ta­do pe­lo se­gun­do co­lo­ca­do na dis­pu­ta pa­ra pre­fei­to, que al­can­çou 57.431.
Leia mais

Como é de costume

quarta-feira, 27 de agosto de 2008 16:18 Propaganda, Reflexão

As pro­pa­gan­das de cam­pa­nhas elei­to­rais sem­pre fo­ram mui­to ir­ri­tan­tes – e ruins. Além da enor­me fal­ta de cri­a­ti­vi­da­de, ca­rac­te­rís­ti­ca mar­can­te de­vi­do à mai­o­ria dos can­di­da­tos não con­tar com a ori­en­ta­ção de pro­fis­si­o­nais de co­mu­ni­ca­ção, as pes­so­as so­frem ain­da com as for­mas uti­li­za­das pa­ra a di­vul­ga­ção das men­sa­gens dos can­di­da­tos.
Leia mais

Confira alguns trabalhos do nosso Portfólio