Arquivos de Comunicação

A Comunicação segue por novos caminhos – caminhos sem volta

Trans­for­ma­ções na Co­mu­ni­ca­ção in­flu­en­ci­am há­bi­tos das pes­so­as

quinta-feira, 24 de abril de 2014 19:20 Cibercultura, Comunicação, Publicidade

Trans­for­ma­ções. Es­tá pa­la­vra re­su­me de for­ma cla­ra o ce­ná­rio atu­al do cam­po da Co­mu­ni­ca­ção. As mu­dan­ças são cons­tan­tes e es­ti­mu­la­das pe­las no­vas tec­no­lo­gi­as que são em­pre­ga­das na pro­du­ção e dis­tri­bui­ção de con­teú­dos. Es­ses avan­ços tec­no­ló­gi­cos in­cen­ti­vam, tam­bém, as mu­dan­ças de há­bi­tos das pes­so­as.

Nes­te con­tex­to, a In­ter­net, in­dis­cu­ti­vel­men­te, pro­por­ci­o­nou as mai­o­res re­vo­lu­ções. Gra­ças à seu di­na­mis­mo e ime­di­a­tis­mo, os veí­cu­los tra­di­ci­o­nais pre­ci­sa­ram ser re­con­fi­gu­ra­dos pa­ra se adap­tar as no­vas de­man­das da au­di­ên­cia pa­ra so­bre­vi­ver. As no­tí­ci­as vei­cu­la­das no im­pres­so, co­mo em jor­nais e re­vis­tas, já são “ve­lhas” quan­do che­gam aos lei­to­res. No for­ma­to im­pres­so, pa­ra as no­tí­ci­as te­rem mais va­lor, elas pre­ci­sam car­re­gar in­for­ma­ções ex­tras, aná­li­ses ou opi­niões de es­pe­ci­a­lis­tas. No rá­dio, as mú­si­cas que são to­ca­das co­mo “no­vi­da­des” po­dem não ser tão no­vas pa­ra os ou­vin­tes. A co­ber­tu­ra ao vi­vo de even­tos e no­tí­ci­as tam­bém mu­dou, tan­to no rá­dio quan­to na TV, uma vez que qual­quer pes­soa com um smartpho­ne, por exem­plo, po­de com­par­ti­lhar ví­de­os, ima­gens e sons, em tem­po re­al, em su­as re­des so­ci­ais na In­ter­net, mui­tas ve­zes se an­te­ci­pan­do à co­ber­tu­ra jor­na­lís­ti­ca con­ven­ci­o­nal. E a pu­bli­ci­da­de tam­bém en­fren­ta es­te no­vo ce­ná­rio. Pa­ra “fa­lar” com os con­su­mi­do­res, os anun­ci­an­tes pre­ci­sam fa­zer com que su­as men­sa­gens cir­cu­lem nos ca­nais cer­tos, aque­les on­de seus pú­bli­cos par­ti­ci­pam, se in­te­res­sam e se en­ga­jam.
Leia mais

Buraco negro

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 08:30 Cibercultura, Comunicação, Reflexão

É alar­man­te o vo­lu­me de ma­te­ri­ais de má qua­li­da­de e de bai­xa pro­fun­di­da­de que são pro­du­zi­dos e que ga­nham, ca­da vez mais, es­pa­ços nas mí­di­as de mas­sa. E, pi­or do que to­do es­se li­xo cul­tu­ral, são os ma­te­ri­ais com men­sa­gens ofen­si­vaspre­ju­di­ci­ais que es­tão ao al­can­ce de to­dos.

A in­ter­net é uma das mí­di­as que mais con­tri­bu­em pa­ra cons­truir es­sa re­a­li­da­de. Pri­mei­ro, gra­ças à vul­ne­ra­bi­li­da­de de mo­de­ra­ção dos con­teú­dos pu­bli­ca­dos, já que blogs, pá­gi­nas pes­so­ais, fó­runs de dis­cus­são, re­des so­ci­ais e ou­tras fer­ra­men­tas, ge­ral­men­te, con­tam ape­nas com o “con­tro­le edi­to­ri­al” de seus au­to­res e par­ti­ci­pan­tes.
Leia mais

Comunicação superficial

quarta-feira, 9 de junho de 2010 19:34 Cibercultura, Comunicação

A ca­da dia é mais fá­cil per­ce­ber uma mu­dan­ça com­por­ta­men­tal que es­tá se for­ta­le­cen­do na so­ci­e­da­de mo­der­na: a bus­ca, ca­da vez mai­or, por in­for­ma­ções mais re­su­mi­das, seg­men­ta­das, di­re­tas, ex­plí­ci­tas, rá­pi­das e, con­se­que­te­men­te, su­per­fi­ci­ais. Per­ce­ben­do es­ta ten­dên­cia e sen­tin­do as tur­bu­lên­ci­as mer­ca­do­ló­gi­cas ge­ra­das por es­te no­vo ce­ná­rio, os mei­os de co­mu­ni­ca­ção es­tão en­fren­tan­do um pro­ces­so de trans­for­ma­ção cons­tan­te, lan­çan­do no­vos for­ma­tos e ado­tan­do no­vas fer­ra­men­tas pa­ra aten­der, ca­da vez mais, as no­vas de­man­das da co­mu­ni­ca­ção de mas­sa. Nes­ta fa­se de tran­si­ção – co­mo em ou­tras –, o ato de no­ti­ci­ar tam­bém es­tá evo­luin­do.

httpvh://www.youtube.com/watch?v=tUk3jvf37xs
Comercial apresenta o novo projeto gráfico da Folha de São Paulo
Leia mais

A Copa 2010 e seus comerciais

sexta-feira, 21 de maio de 2010 13:25 Propaganda

A con­ta­gem re­gres­si­va es­tá pró­xi­ma do fim. Ago­ra, fal­tam pou­cos di­as pa­ra co­me­çar a Co­pa da Áfri­ca do Sul. E es­sa pro­xi­mi­da­de, além de au­men­tar a an­si­e­da­de de tor­ce­do­res do mun­do in­tei­ro, tam­bém pro­mo­ve um gran­di­o­so mo­vi­men­to da pro­pa­gan­da, que já es­tá abor­dan­do o te­ma com mui­ta inten-​sidade, prin­ci­pal­men­te na te­le­vi­são. Des­sa for­ma, pa­ra um co­mer­ci­al de TV con­quis­tar a aten­ção dos es­pec­ta­do­res é pre­ci­so ter bas­tan­te cri­a­ti­vi­da­de e apos­tar em men­sa­gens que me­xam com a emo­ção dos tor­ce­do­res. E es­sa tá­ti­ca não é ne­nhum se­gre­do. Os anun­ci­an­tes e as agên­ci­as de pu­bli­ci­da­de sa­bem dis­so e es­ti­mu­lam a ex­pec­ta­ti­va pe­la Co­pa com be­los co­mer­ci­ais, co­mo po­de­mos con­fe­rir em al­guns exem­plos abai­xo.

httpvh://www.youtube.com/watch?v=lSggaxXUS8k
Nike, "Write the future"
Leia mais

O mundo fragmentado

sexta-feira, 7 de maio de 2010 13:48 Cibercultura, Comunicação, Reflexão

As in­te­ra­ções hu­ma­nas – in­di­vi­du­ais e em gru­pos so­ci­ais – com os avan­ços tec­no­ló­gi­cos es­tão que­bran­do, com mui­ta in­ten­si­da­de, an­ti­gos pa­ra­dig­mas. Es­te no­vo ce­ná­rio, fru­to do de­se­jo hu­ma­no de pro­gres­so, es­tá mol­dan­do os no­vos va­lo­res pa­ra o tem­po, a edu­ca­ção, o co­nhe­ci­men­to, a co­mu­ni­ca­ção, a eco­no­mia, a cul­tu­ra, as re­la­ções so­ci­ais, o mun­do glo­ba­li­za­do.
Leia mais

Confira alguns trabalhos do nosso Portfólio