Feliz Natal e próspero Ano Novo

terça-feira, 23 de dezembro de 2008 13:33 Etc

Pa­ra mui­tas pes­so­as – in­clu­si­ve eu – es­ses úl­ti­mos di­as an­tes do Na­tal es­tão sen­do de mui­to tra­ba­lho, cor­re­ria pa­ra cum­prir pra­zos, fe­cha­men­tos e con­clu­sões de pro­je­tos. Fo­ra is­so, há tam­bém to­dos os com­pro­mis­sos pes­so­ais com fes­tas de con­fra­ter­ni­za­ção, pre­sen­tes pa­ra os fa­mi­li­a­res e ami­gos, vi­si­tas, en­tre ou­tras coisas.

Ape­sar de to­do pla­ne­ja­men­to pré­vio pa­ra evi­tar trans­tor­nos na re­ta fi­nal do ano, sem­pre apa­re­ce al­gu­ma pen­dên­cia que aca­ba­mos es­que­cen­do, mas que não po­de ser adi­a­da. As­sim, ao in­vés de re­la­xar­mos o cor­po e a men­te e nos pre­pa­rar pa­ra que o Na­tal se­ja um mo­men­to de com­par­ti­lhar ale­gri­as com as pes­so­as que ama­mos, aca­ba­mos es­go­tan­do nos­sas ener­gi­as e, no fi­nal, a ce­le­bra­ção do Na­tal po­de ser re­su­mi­da em uma opor­tu­ni­da­de pa­ra descanso.

Po­rém, não é es­sa ati­tu­de que de­ve­mos to­mar. É pre­ci­so fa­zer o Na­tal re­al­men­te va­ler a pe­na, mes­mo com to­dos os pro­ble­mas e di­fi­cul­da­des que se apre­sen­tam no fi­nal do ano. De­ve­mos ali­men­tar o es­pí­ri­to de con­fra­ter­ni­za­ção, unir as pes­so­as, trans­mi­tir ale­gria. As­sim re­vi­go­ra­mos nos­sas vi­das com es­pe­ran­ça e en­che­mos nos­sos co­ra­ções com amor.

Nes­se mo­men­to que an­te­ce­de o no­vo ano é ne­ces­sá­rio re­fle­tir so­bre tu­do o que acon­te­ceu no ano que es­tá pa­ra ter­mi­nar, ava­li­an­do os pon­tos po­si­ti­vos e ne­ga­ti­vos, o que fi­ze­mos de bom e o que fi­ze­mos de er­ra­do. Des­sa for­ma, po­de­mos nos pre­pa­rar pa­ra cres­cer co­mo pes­so­as, pa­ra nos de­sen­vol­ver, la­pi­dan­do nos­sas qua­li­da­des aos pou­cos, ano a ano, re­ti­ran­do as im­per­fei­ções, as im­pu­re­zas, pa­ra mos­trar o bri­lho de nos­sas virtudes.

Mes­mo com to­do o can­sa­ço, fí­si­co e men­tal, es­se exer­cí­cio de re­fle­xão é ne­ces­sá­rio e im­por­tan­te. Do con­trá­rio, nos man­te­mos es­tá­ti­cos, sem pro­gres­so, sem vi­da. E se nos man­ti­ver­mos as­sim, pro­va­vel­men­te, fi­ca­re­mos pa­ra trás, com di­fi­cul­da­des pa­ra con­quis­tar vi­tó­ri­as e pa­ra al­can­çar o su­ces­so na vi­da pro­fis­si­o­nal e pessoal.

Por is­so, além de de­se­jar bo­as fes­tas e um fe­liz Na­tal a vo­cê, su­gi­ro que fa­ça uma ava­li­a­ção pes­so­al e re­co­nhe­ça os seus de­fei­tos e su­as qua­li­da­des; e bus­que uma re­no­va­ção, pa­ra que as­sim, em 2009, al­can­ce um ano prós­pe­ro, com mui­to su­ces­so e alegrias.

, ,

Faça seu comentário

Utilize o formulário abaixo ou comente via Facebook.

As opiniões expressas nos comentários são de responsabilidade exclusiva de seu(s) autor(es). Os comentários poderão ser apagados caso contenham ofensas, mensagens preconceituosas, de ódio ou que estejam em letras maiúsculas. Não há moderação de opinião, independente do posicionamento. O objetivo é favorecer o debate para que o mesmo seja o mais livre possível, dentro de um mínimo de bom senso. Leia as regras.

Confira alguns trabalhos do nosso Portfólio